De Sines para o Mundo: Os Virgem Suta fizeram a festa em português no Festival Músicas do Mundo

De regresso ao conhecido Festival Músicas do Mundo (FMM), os Virgem Suta subiram ao palco do Castelo de Sines e ofereceram ao público um dos momentos mais fervorosos do festival, naquele que foi o dia de despedida da edição 2019.

Numa tarde deslumbrante de Verão, o concerto da banda de Beja foi conquistando o público canção após canção. Com a boa disposição que lhes é conhecida, os Virgem Suta foram responsáveis por uma verdadeira enchente no grande palco do festival, apresentando um alinhamento recheado de hits.

O arranque do espectáculo foi feito ao som de “Mula da Agonia”, seguindo-se “Vidinha” e “Não Sou Deste Lugar”. Quanto mais os Virgem Suta ofereciam, mais participativo se tornava o público. E a plateia, com as letras na ponta da língua, cantava e dançava de maneira efusiva. “Linhas Cruzadas” e “Dança de Balcão” provocaram momentos de verdadeira comunhão, culminando no tradicional brinde colectivo.

Houve tempo ainda para a habitual e muito festiva homenagem a Carlos Paião através de “Playback”, canção-hino cantada a meias com a plateia. Para o fim, os mais corajosos responderam ao convite de Jorge Benvida e Nuno Figueiredo e em “Tomo Conta Desta Tua Casa” subiram ao palco para ajudar a fazer a festa. A despedida foi então feita com o palco a abarrotar de gente.

O regresso a Sines mostrou uma vez mais por que os Virgem Suta são uma das bandas que melhor representa a pop cantada em português. Piscando o olho à tradição e à portugalidade, oferecem-nos canções irresistíveis, que ao vivo contagiam qualquer um.

Clique AQUI para ver como foi o concerto dos Virgem Suta no Festival Músicas do Mundo em Sines.