Ultraleve

De forma fulgurante, os Ultraleve conquistaram o público logo à primeira canção. E não é difícil perceber porquê: Uma cintilante sonoridade pop, a piscar o olho ao electro e ao rock, que serve de embalo para refrões irresistíveis.

Nas palavras de Nuno Markl: “Os Ultraleve levam a sério a nobre arte de não levar a vida a sério, por muito miserável que ela seja, seja por culpa da crise ou dos males de amor ou desamor”. “E não é toda a gente que consegue cantar sobre tais temas com esta euforia e humor, transformando nuvens negras em algodão doce”, acrescenta o humorista.

O disco homónimo “Ultraleve” valeu à dupla Nuno Figueiredo e Bruno Vasconcelos uma rara nomeação, enquanto artistas nacionais, para os Grammy Latinos na categoria de Melhor Álbum Contemporâneo (concorrendo com nomes como Seu Jorge, Ed Motta ou Natiruts).

Eles estão de regresso e prometem provocar nova agitação no público e na crítica. Estejam preparados para voltar a dançar!